26 março 2017

Tag #30: Doenças Literárias

25 março 2017

Parceria: L. F. Faria


#YAY que hoje apresento mais uma parceria do blog. Conheça mais sobre o autor L. F. Faria e seu livro Escuridão, primeiro livro da série The Dark World

24 março 2017

Playlist da Semana #53: Atores que também cantam

Uma semana, uma playlist

23 março 2017

Resenha #150: Revival - Stephen King (Suma de Letras)

Título: Revival
Título Original: ---
Autor: Stephen King
Série: ---
Páginas: 376
Ano: 2015
Editora: Suma de Letras
Sinopse: Em uma cidadezinha na Nova Inglaterra, mais de meio século atrás, uma sombra recai sobre um menino que brinca com seus soldadinhos de plástico no quintal. Jamie Morton olha para o alto e vê a figura impressionante do novo pastor. O reverendo Charles Jacobs, junto com a bela esposa e o filho, chegam para reacender a fé local. Homens e meninos, mulheres e garotas, todos ficam encantados pela família perfeita e os sermões contagiantes.
Jamie e o reverendo passam a compartilhar um elo ainda mais forte, baseado em uma obsessão secreta. Até que uma desgraça atinge Jacobs e o faz ser banido da cidade.
Décadas depois, Jamie carrega seus próprios demônios. Integrante de uma banda que vive na estrada, ele leva uma vida nômade no mais puro estilo sexo, drogas e rock and roll, fugindo da própria tragédia familiar. Agora, com trinta e poucos anos, viciado em heroína, perdido, desesperado, Jamie reencontra o antigo pastor. O elo que os unia se transforma em um pacto que assustaria até o diabo, com sérias consequências para os dois, e Jamie percebe que “reviver” pode adquirir vários significados.

22 março 2017

Especiais do Babado #23: Séries finalizadas para maratonar na Netflix

21 março 2017

Resenha #149: O Visconde Que Me Amava - Julia Quinn (Arqueiro)

Título: O Visconde Que Me Amava
Título Original: The Viscount Who Loved Me
Autor: Julia Quinn
Série: Bridgertons #2
Páginas: 288
Ano: 2013
Editora: Arqueiro
Sinopse: A temporada de bailes e festas de 1814 acaba de começar em Londres. Como de costume, as mães ambiciosas já estão ávidas por encontrar um marido adequado para suas filhas. Ao que tudo indica, o solteiro mais cobiçado do ano será
Anthony Bridgerton, um visconde charmoso, elegante e muito rico que, contrariando as probabilidades, resolve dar um basta na rotina de libertino e arranjar uma noiva.
Logo ele decide que Edwina Sheffield, a debutante mais linda da estação, é a candidata ideal. Mas, para levá-la ao altar, primeiro terá que convencer Kate, a irmã mais velha da jovem, de que merece se casar com ela.
Não será uma tarefa fácil, porque Kate não acredita que ex-libertinos possam se transformar em bons maridos e não deixará Edwina cair nas garras dele.
Enquanto faz de tudo para afastá-lo da irmã, Kate descobre que o visconde devasso é também um homem honesto e gentil. Ao mesmo tempo, Anthony começa a sonhar com ela, apesar de achá-la a criatura mais intrometida e irritante que já pisou nos salões de Londres. Aos poucos, os dois percebem que essa centelha de desejo pode ser mais do que uma simples atração.
Considerada a Jane Austen contemporânea, Julia Quinn mantém, neste segundo livro da série Os Bridgertons, o senso de humor e a capacidade de despertar emoções que lhe permitem construir personagens carismáticos e histórias inesquecíveis.


Se você não leu os livros e/ou resenhas anteriores, não se preocupe. 
Essa resenha é livre de spoilers

20 março 2017

Filme #18: A Bela E A Fera


Título Original: Beauty and the Beast
Sinopse: Moradora de uma pequena aldeia francesa, Bela (Emma Watson) tem o pai capturado pela Fera (Dan Stevens) e decide entregar sua vida ao estranho ser em troca da liberdade dele. No castelo, ela conhece objetos mágicos e descobre que a Fera é, na verdade, um príncipe que precisa de amor para voltar à forma humana.
Elenco: Emma Watson, Dan Stevens, Luke Evans, Kevin Kline, Josh Gad, Ewan McGregor, Emma Thompson, Audra McDonald, Stanley Tucci, Ian McKellen, entre outros
Duração: 129min
Roteiro: Evan Spiliotopolous, Stephen Chbosky
Produção: David Hoberman, Todd Lieberman, Don Hahn
Direção: Bill Condon

Tecnologia do Blogger.