30 agosto 2017

Resenha #201: Vicious - V.E. Schwab (Tor Books)

Título: Vicious
Título Original: ---
Autor: V.E. Schwab
Série: Villains #1
Páginas: 368
Ano: 2013
Editora: Tor Books
Sinopse*: Um conto magistral e torcido de ambição, ciúmes, traições e super-poderes, estabelecidos num futuro próximo.
Victor e Eli começaram como companheiros de quarto da faculdade - garotos brilhantes, arrogantes e solitários que reconheceram a mesma nitidez e ambição um no outro. Em seu último ano, um interesse de pesquisa compartilhada em experiências de adrenalina, quase-morte e eventos aparentemente sobrenaturais revela uma possibilidade intrigante: que, nas condições corretas, alguém possa desenvolver habilidades extraordinárias. Mas quando a tese passa do acadêmico para o experimental, as coisas estão terrivelmente erradas.
Dez anos depois, Victor sai da prisão, determinado a reencontrar seu velho amigo (agora inimigo), auxiliado por uma jovem cuja natureza reservada obscurece uma habilidade impressionante. Enquanto isso, Eli está em missão de erradicar todas as outras pessoas superpoderes que ele pode encontrar, exceto por sua companheira, uma mulher enigmática com vontade inquebrável.
Armados com terrível poder de ambos os lados, impulsionados pela memória da traição e da perda, os arquiinimigos estabeleceram um caminho de vingança - mas quem ficará vivo no final?


Vida - do jeito que realmente é - é uma batalha, não entre Mal e Bem, mas entre Mal e Pior. (Joseph Brodsky) *

Poucas frases podem resumir do que se trata Vicious. Uma delas é essa epígrafe (quote acima) que a Schwab colocou e a outra é o quote a seguir.

Não há bons homens neste jogo.*

Vicious conta a história de Victor Vale e Eli Cardale (futuramente Eli Ever), que passaram de amigos para inimigos mortais. Ambos se conheceram na faculdade e, depois de algumas teorias postas em prática, se tornaram ExtraOrdinários ou, simplesmente, EOs. Mas a treta não acaba por aí.

Por motivos a serem explicados na história, Victor acaba sendo preso por causa de Eli. Desde então, tudo que ele sente pelo ex-amigo é raiva e um desejo de vingança. Do outro lado, temos Eli, achando que os EOs não são criaturas naturais e começa a exterminar um por um.

Dez anos depois, Victor escapa da prisão, disposto a fazer Eli pagar por tudo que fez. Eli está preparado para o que quer que Victor está armando. No fim das contas, que sobreviva o melhor.

Imagem retirada do Pinterest
O livro é dividido em duas partes. Na primeira, os capítulos são alternados entre passado e presente. Os capítulos no passado mostram como esses dois EOs foram de amigos para super nemesis um do outro, boa parte deles narrados em terceira pessoa, focando em Victor. Na segunda parte, temos capítulos que narram o passado de Eli, depois de todos os babados que se passaram entre ele e Victor, até o presente. Também temos capítulos que narram a história de Mitch e as irmãs Serena e Sydney, personagens que acabaram caindo de paraquedas nessa rixa.

Muitos humanos eram monstruosos, e muitos monstros sabiam como ser humanos.*

Vi muitas reviews comentando que os dois protagonistas são anti-heróis, mas eu não enxerguei assim. Pra mim, Vicious conta a história de dois vilões, onde um acha que está mais certo que o outro. A história tem muita vibe de Professor Charles Xavier e Magneto, mas, ao contrário desses X-Men que apesar das divergências se respeitam e se importam um com outro, não há nada disso entre Victor e Eli.

Victor é uma pessoa movida por vingança e amargura. Desde a faculdade, vemos que Victor já nutria esse sentimento por uma série de motivos, mas depois de ter sido preso por causa de Eli, tudo piorou. Victor é um personagem frio, um tanto manipulador e, assim como Eli, acha que é juiz, júri e executor de tudo. A real é que ele está cego de vingança e elimina tudo que entra em seu caminho.

Eli é um personagem um tanto mais complexo que Victor. Por terem morrido e voltado a vida, ele crê que EOs são pessoas quebradas e não-naturais, ele mesmo incluso. Por esse motivo, ele toma pra si o direito de matar todos. O que me deixou mais de cara foi como ele chegou a essa conclusão. Não vou contar pra não dar spoiler (óbvio), mas é algo que acontece muito na sociedade que por um lado eu não fiquei surpresa, mas do outro fiquei com muita raiva.

Você é o herói [...] da sua própria história, pelo menos.*

Um ponto super positivo é justamente como esses EOs são criados. Diferente do que vemos pessoas cujo poder já está intrínseco no DNA (X-Men) ou que adquiriram através de contato com algo nuclear (Spiderman e Hulk), esses poderes são gerados a partir de experiências de quase morte. Gente, eu achei isso genial. E toda essa tese tem um embasamento com três vertentes que é de deixar a boca aberta. Fora que achei essa teoria super inovadora e interessante porque faz muito sentido. Por conta disso, senti super vibes da série The OA (quem assistiu, sabe). Mas não se engane que a autora se baseou, visto que o livro foi lançado em 2013.

Assim como na trilogia Tons de Magia, a maioria dos capítulos são curtos e ela vai direto ao ponto, sem muito rodeios. Vicious não é um livro de muita ação, mas isso é compensado por todo suspense e tensão que gira entre Victor e Eli. Só digo que Vicious é um livro que te prende justamente por isso. Como o próprio título sugere, viciante.

Vi no twitter que a autora está trabalhando na sequência, que se chamará Vengeful. E depois daquele final de arrancar os cabelos, espero que ela termine logo porque não aguento mais de angústia!


* Traduções feitas por mim

16 comentários:

  1. Nunca li algo do gênero, mas acho que não seria muito o meu estilo.
    Mesmo assim parece ser uma história daquelas beeeem construídas mesmo e fiquei até curiosa haha

    Beijoss
    Próxima Primavera

    ResponderExcluir
  2. Oi Luiza! Tudo bem?

    Me parece uma história bem construída, e gostosa de se ler. Adorei a resenha me ganhou muito!

    Grande abraço,
    www.cafeidilico.com

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bom?
    Achei a capa bem atrativa. A história me parece bem interessante, mas ainda sim, tenho dúvidas se seria algo de que eu vá gostar.
    5 O'clock Tea

    ResponderExcluir
  4. Hi! Great post!
    I just discovered your blog and I keep following it, would you follow me back?
    http://serendipia-aazul.blogspot.com.es/

    Have a nice day!

    ResponderExcluir
  5. Esse primeiro paragrafo que você destacou me lembrou a ultima eleição presidencial e o atual momento brasileiro... estamos entre o mal e o pior todos os dias hahaha O segundo destaque você fez também é pura vida real néh miga. Também concordo com a terceira citação que vc fez, nossa especie sabe ser monstruosa como nenhuma outra, somos brutais.

    Por tudo que você disse sobre o livro, seus personagens e a história nele contada somada as citações que você separou não tem como não querer ler esse livro. Estou ansiosa por ver uma edição dele por aqui.

    Uma Pandora e sua Caixa

    ResponderExcluir
  6. Oi Lu,

    Tenho muita vontade de ler a trilogia Tons de Magia, ler o primeiro para ver se eu gosto né, mas tanta gente fala bem dos livros que não tem como não ficar curiosa né..
    Adorei a resenha, mas por enquanto vou tentar ler este outro que falei, se eu gostar da narrativa da autora eu parto para a série toda!!

    Beijos Mila
    Daily of Books

    ResponderExcluir
  7. Oi, Lu. Li que era um conto e me assustei com o tanto de páginas. A autora está dando o que falar aqui no Brasil e está me surpreendo positivamente por suas obras. Eu não conhecia esse livro mas gostei dessa história sobre vilões, acho que seria muito legal mais enredos focando esse lado.
    Beijos
    http://www.leitoraencantada.com/

    ResponderExcluir
  8. Wow, great post, dear! So nice review, like it a lot.
    You have so interesting blog! Follow for follow?
    Let me know on my blog. See you soon!
    Visit me, Maleficent

    ResponderExcluir
  9. Olá, Luiza.
    Não gosto quando você me deixa aqui com água na boca querendo ler um livro e não tem ele lançado aqui ainda hehe. Fiquei muito interessada nele, principalmente por causa de serem dois vilões e pleos poderes serem adquiridos na quase morte. Muito interessante.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  10. Oi
    estou lendo um livro da autora e gostando, mas depois de ler essa resenha eu só penso que preciso ler ele e que seja publicado no Brasil, ele parece ter alguns elementos inovadores como a criação do EOS e achei interessante eles não serem mocinhos.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Hey!
    E lá vem a Lu, com mais uma indicação daquelas, que nos faz suplicar à todos os deuses para que seja depressa, lançada no Brasil! Menina, que livro maravilhosoooooo é esse que eu não conhecia?? Adorei!! Vi muita gente se decepcionando com a V.E. mas esse me conquistou! Já anotei a dica e já vou começar com as minhas orações!! haha. ADOREI a resenha.
    Mil beijokas - Entre um Livro e Outro

    ResponderExcluir
  12. Nunca li nenhum desse tipo, não sei se faria meu estilo! mas não custa nada tentar né?
    Um beijo
    www.reflexobrilhante.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Oi Lu! Sendo de quem é só posso ter certeza de que vou gostar pra caramba! Virei fã da Victoria <3 E ter protagonistas vilões deve ser ainda mais interessante! Tomara que publiquem por aqui logo!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  14. Esse gênero foge um pouco dos meus favoritos, mas tenho certeza que é uma história bacana. Obrigada por compartilhar Lu! ❤

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  15. Oi Luiza!
    Gostei da sua resenha, o livro parece ser muito bom! Como é série vou esperar publicarem tudo para poder começar a ler, senão eu esqueço a história entre um livro e outro...

    Beijos,
    Sora | Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  16. Oi Lu! Sou fã da autora e justamente minha leitura atual é um livro dela. Este aqui parece ter mais uma história ousada dela, adorei.
    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita e volte sempre!
Deixe seu comentário/opinião; estou muito interessada e ele será respondido assim que possível.
Deixe também seu blog, se tiver, que assim possível farei uma visita :)

Tecnologia do Blogger.